Arquivo da tag: Stênio Marcius

Registrando momentos (02)

Ontem Participei de mais um encontro do 2º Fórum Nacional de Cristianismo Criativo. Patrocinado pelo Portal Cristianismo Criativo e pela Editora W4 que está lançando o livro “Viciados em mediocridade” de Frank Schaeffer. O encontro esta sendo realizado toda sexta-feira do mês de novembro no auditório da livraria Cultura no Shopping Market Place. Semana passada o tema foi: Viciados em Mediocridade? O encontro foi com músico João Alexandre e a psicóloga Taís Machado.

 

Ontem a temática foi: Mediocridade no teatro? Participantes foram o músico, compositor e poeta Stênio Marcius e o ator, chargista e blogueiro Wilson Tonioli. As entrevistas e debates estão sendo conduzidos pelo jornalista Sérgio Pavarini. Segue fotos registrando alguns momentos de ontem.

 

debate

No palco conduzidos por Sérgio Pavarini  o debate sobre Mediocridade
no teatro rolou com o ator Wilson Tonioli e o músico/compositor Stênio Marcius

 

stenio_e_glauber

Stênio Marcius e Glauber Plaça, música de qualidade na II edição
Nacional do Fórum Cristianismo Criativo realizado no Market Place

 

esquete

Pai e filho: esquete realizada por Wilson e Filipe Tonioli antes do debate
parodiaram diversas expressões e terminologias do mundo “evangeliquês”

 

quarteto

Fim do evento, antes do apagar das luzes houve tempo para a
foto: a atriz Kedma, meu primo Cleoci, eu e Ségio Pavarini

Leia +

Os Rebeldes sem calça !!!

No sábado, dia 29 de março houve na Igreja Presbiteriana Independente do Jardim Santa Fé no Morro Doce, o encontro de jovens denominado culto do AEL (antigos eternos louvores). Foi o 2º encontro do gênero que tem como proposta ser realizado anualmente. 

Diversas igrejas do presbitério participaram, sendo que a 1º IPI de São Paulo fretou um ônibus que ficou a disposição dos jovens para irem ao encontro.

stenio1.jpg
Com maestria: Stênio apresentou sua canções com amor no coração

Na parte do louvor esteve cantando e tocando seu violão Stênio Marcius com sua poesia marcante em suas letras, esteve também relembrando algumas histórias da música evangélica brasileira, e incentivou os jovens para irem atrás dos seus sonhos, seja compor ou tocar algum instrumento. Stênio que compõe desde os 13 anos, já contabilizou mais de 300 letras escritas. Quem esteve presente pode acompanhar suas principais canções, entre elas, O amigo da festa, O Tapeceiro, e Fim de tarde no portão. Esta última música filmei e para você que não foi, pode acompanhar aqui no Youtube.

Na parte da mensagem, Sérgio Pavarini puxou um banquinho para frente da igreja e iniciou em forma de palestra sua fala, o tema orbitou em torno de um recente artigo escrito por ele : “Geração bunda-mole – os rebeldes sem calça”, o que se seguiu foi um bate-papo com a igreja, que teve direito a interagir em forma de perguntas sobre o assunto. 

pava.jpg
O bate-papo com a igreja rolou com o jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini

Sérgio Pavarini é jornalista e editor do hot blog Pavablog e de uma Newsletter, um boletim informativo que tem mais de 100 mil inscritos. Pavarini instigou e levantou alguns questionamentos para os jovens presentes. Citando assuntos da atualidade, a palestra foi dividida em quatro perguntas que ele formulou para serem pensadas pelos presentes.  As quatro perguntas foram:

1º – Em que você esta investindo o seu tempo?
Existem jovens que ficam mais de três horas no msn por dia, com conversar infrutíferas,  o desperdício de tempo com esse tipo de ferramenta tem sido muito grande pelos jovens. Teclar três horas seguidos no msn apenas com Jesus !! Pavarini disse que esse tempo poderia ser investido na leitura de livros, pois os livros são um universo em que o jovem cresce em formação de opinião e de conhecimento, para não ser manipulado pela sociedade. Aliás, falando em livros, quantos você já leu este ano? Em que você esta investindo o seu tempo mesmo? 

2º – Qual o seu preço?
Dando exemplos do mundo corporativo, Pavarini citou entre o próprio meio cristão que existem pessoas se vendendo, cantores que ganhavam carro em renovação de contrato com suas gravadores, atualmente só se falam por intermédio de advogados, com causas na justiça. Rádios, gravadoras e editoras no mercado cristão esqueceram totalmente a ética de mercado e principalmente a ética do evangelho. 

3º – Seu encontro com Jesus te deixou mais sensível ?
Explicou que o significado da palavra sensibilidade nesse sentido quer dizer se a pessoa ficou mais antenado as causas de sofrimentos da sociedade e principalmente com o seu próximo. Estamos tratando melhor as pessoas? Estamos levando amor em nossas palavras? Justiça em nossas atitudes no serviço, na escola e em casa? Nesse tópico para reflexão foi citada uma frase do escritor russo Fiódor Dostoiévski que disse que “a necessidade de justiça não exclui a compaixão”.  

4º – O que você tem em mãos ?
Para finalizar, Pavarini instigou os jovens a trabalhar com os seus talentos e dons que Deus deu para cada um. Seja abrindo um blog na net, um fotolog, tudo no sentido de informar e também questionar, pois seria uma contradição o jovem ou adolescente que não questiona ou tente revolucionar o seu bairro, sua igreja e seu ambiente ao redor. 

Pavarini encerrou agradecendo a igreja e citando uma frase do best-seller O Caçador de Pipas “por vocês faria isso mil vezes”.

Para quem quiser ver mais fotos em alta qualidade do evento  pode clicar aqui.

Após o culto, o encontro foi em uma lanchonete no bairro de Perus para saciar a sede, conversar e rir descontraidamente, pois o Reino de Deus é feito de amizades, risos e encontros de alegria pelo caminho da graça de Deus.

quarteto.jpg
Os Rebeldes com calças ops ….
Alex Fajardo, Fabio Fino (organizador do evento), Cleoci e Sérgio Pavarini