Arquivo da tag: Sérgio Pavarini

Usina 21 – Oficinas 2009

Dia 07 de novembro aconteceu nas dependências da Universidade Mackenzie a 7º edição do Usina 21. Com cerca de mais de 2 mil jovens segundo a organização do evento, o encontro teve cerca de 40 oficinas no período da manhã e tarde sobre os mais diversos temas, desde blog`s como ferramenta de comunicação e engajamento, artes e expressões de um Deus criativo, voluntariado, missões urbanas etc.  Antes do inicio das oficinas os participantes foram para o auditório Rui Barbosa onde foram recebidos com as boas vindas aos participantes pelo vereador Carlos Alberto Bezerra Júnior, um dos principais idealizadores do evento e atual responsável pelo Usina. Ariovaldo Ramos trouxe uma palavra sobre a redenção do mundo em um diálogo entre a Trindade, “Antes de Deus dizer haja luz, Ele disse haja cruz” disse Ariovaldo em um de seus insights teológicos.

Esta foi à primeira edição que participei do evento e realizei o registro fotográfico da grande maioria dos palestrantes das oficinas e painéis. Segue as fotos com seus respectivos temas na legenda. Creio ser este o post com maior quantidade de fotos que já publiquei aqui neste blog.

Ariovaldo Ramos no auditório Rui Barbosa discorreu sobre a Trindade em um diálogo imaginativo ao estilo do livro A Cabana

Junto com Ariovaldo Ramos, o vereador Carlos Alberto ora pelo evento e pelos organizadores Fabricio Cunha e Fernando Diniz

Auditório Rui Barbosa no Mackenzie lotado de jovens: Nova geração Missão Integral

Ziel Machado, historiador e membro da ABU por 18 anos em seu painel afirmou: "Missão Integral não é uma ideologia de esquerda evangélica, missão integral é um projeto de vida!"

Vereador e médico Carlos Alberto relatou casos e conscientizou todos contra o abuso e violência infanto-juvenil dentro das igrejas

Doutoranda na Universidade Metodista, Analzira Nascimento relatou sua experiência na África por 17 anos, responsável pela implantação e coordenação do Projeto Radical - Voluntários Sem Fronteiras

Doutorando na PUC Gedeon Alencar, analisou o fenômeno religioso brasileiro sobre o tema: "40 milhões de evangélicos no Brasil ! E daí ?"

O Católico Jung Mo Sung, coordenador do programa de Pós-graduação em Ciências da Religião na Universidade Metodista falou sobre acabar com a fome e a miséria no mundo em uma perspetciva cristã

Anderson Gu, professor universitário palestrou sobre superando as deficiências da não inclusão. Como oferecer opções de acessibilidade às pessoas com deficiência nos espaços comunitários

Jota Mossad da Vineyard de São Paulo falou sobre grafiteiros, arteiros e produção alternativa

Alexandre Hobles: Espitirualidade do jovem no meio do caos urbano, trânsito, violência e stress

Compositor Daniel Maia explanou sobre o tema: música de Deus x música do mundo. Isso existe? Qual a diferença?

Músico e cantor Roberto Diamanso falou sobre a universalidade da canção

Jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini tratou do tema: Blog, uma ferramenta de comunicação e engajamento

Osmar Guerra, produtor da Rede Record levou ao evento para palestrarem, Warley Santana ex-CQC e Carol Zócolli - finalista do concurso "Oitavo CQC"

João Batista da Missão CENA explanou o tema de missões em áreas de miséria urbana - como combater a desigualdade e desenvolver projetos consistentes

Gustavo da Hora da ABU focou a Internet o ambiente virtual e o fenômeno das redes sociais

Pr. Levi Araújo contou tudo !! Sua tragetória polêmicas, embate e humanidade.

o Evento teve mais de 40 oficinas com grande participação dos jovens

Henrique Courá do ICEC trabalhou o tema: Luzes, câmera e transformação: da idéia na cabeça à mobilização pelo cinema

Sara de Roure tratou a questão de Gênero - Mulher e seu papel fundamental - Reflexão a respeito da consciência de indivíduo e a equiparação de condições para os gêneros

Marcos Vinicius - Palhaços e Clwns como ferramenta de evangelização

Oficinas sobre diversos assuntos co-relacionados ao Reino de Deus e Missão integral em várias frentes de ação para a Igreja se posicionar

Fotografo na foto: Fim do Usina 2009, eu e minha amada imortal, cansados mas alegres com o que aprendemos nas oficinas

Oficina Livros e pessoas na Igreja Betesda

Blogueiro Sérgio Pavarini afirmando a importância da leitura

Blogueiro Sérgio Pavarini afirmando a importância da leitura

Dia 29 de agosto aconteceu na Igreja Betesda a Oficina com os jovens da igreja sobre livros e pessoas. Sérgio Pavarini um dos mentores do blog Livros e Pessoas esteve batendo um papo com a galera sobre a importância da leitura e indicando livros para a galera. A ressonância do assunto foi positiva segundo o blog dos Jovens Betesda, pois afirmaram que:

“Nos últimos dois anos, a Betesda indicou vários livros para leitura, por exemplo: A mensagem secreta de Jesus e Ortodoxia Generosa, de Brian McLaren; O Evangelho Maltrapilho, de Brennan Manning; Que tipo de pessoas você quer ser?, de Harold Kushner; Cristãos ricos em tempo de fome; de Ronald Sider; Se Deus existe, por que há pobreza e Um caminho espiritual para a felicidade, de Jung Mo Sung; Piedade Pervertida, de Ricardo Quadros Gouvêa; Repintando a Igreja, de Rob Bell; Religião e Repressão, de Rubem Alves; entre outros.

A Betesda acredita na leitura como emancipadora do ser humano. Acredita que a leitura forma pessoas melhores, mais críticas e mais profundas. A importância da consciência crítica foi afirmada por Jesus….. a excelente oficina do Pavarini veio para afirmar coisas que já fazem parte da nossa pespectiva como igreja, para jogar mais luz em outras e para nos lembrar a importância da leitura em nossa formação pessoal.”

Galera participou dando dicas de livros para leitura

Galera participou dando dicas de livros para leitura

Max Lucado no Brasil

Sérgio Pavarini sabatina o escritor Max Lucado na livraria Saraiva no shopping Ibirapuera

Jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini sabatina o escritor Max Lucado na livraria Saraiva no shopping Ibirapuera

Aconteceu neste dia 20 de julho, na livraria Saraiva do shopping Ibirapuera, o lançamento do livro “Sem medo de ser viver” do escritor e pastor americano Max Lucado. O livro que segundo a editora teve lançamento inicial de 80 mil exemplares, é relativamente pequeno se comparado aos 70 milhões de livros vendidos em todo sua carreira de escritor. Entretanto um número expressivo para um lançamento inicial.

Para o evento a editora a Thomas Nelson  contou com a presença do blogueiro Sérgio Pavarini que bateu um papo descontraído de cerca de 40 minutos com o escritor. Como no início da década de 80 Lucado morou no Brasil / RJ,  o papo aconteceu todo em português.  

O escritor se mostrou muito simpático atendendo a todos e respondendo a perguntas de Pavarini, mesmo as perguntas menos esperadas de como por exemplo: “O Senhor vendeu 70 milhões de livros, supomos que ganhe 2 dólares por cada livro vendido, como é ser igual a Jesus e imitar os seus passos, tendo na conta bancária 140 milhões?”. Lucado respondeu que mantém e apóia diversas Ong’s e assistências realizadas pela diaconia de sua igreja que auxilia projetos na Ásia e África.

Outra pergunta desconcertante foi sobre quem estaria mais próximo do evangelho, George W. Bush ou Barack Obama ? A pergunta se mostra em saia justa porque Max Lucado foi um dos pastores americanos que na época da invasão dos EUA ao Iraque, apoiou as atitudes de Bush.

No Brasil essas atitudes foram conhecidas por lúcidos e explicativos artigos escritos por Ricardo Gondim que na época escreveu: “Os pastores que nas vésperas da invasão legitimaram, na CNN, os atos do sinistro Bush têm suas mãos sujas de sangue inocente. Nunca os esquecerei: Max Lucado, John McArthur e Bob Jones”

Em outro artigo, Gondim diz que: “Revoltei-me com o Max Lucado, um pusilânime. Sua falta de argumentos e seus raciocínios simplistas mostram o perigo do dinheiro e da fama. Lucado é um dos autores de maior renome no mundo cristão; querido na América por escrever com um estilo simples. Quando defendeu a guerra mostrou que jamais se posicionaria contra a comunidade evangélica que votou em Bush e, fascinada, acredita que ele é o ungido de Deus para proteger o mundo. Max Lucado afirmou ontem, para o mundo inteiro ouvir, que confia no presidente porque ele é cristão e porque ora para tomar decisões. Quanto simplismo! Se assim fosse, quando Ronald Reagan patrocinou bandidos que lutavam na Nicarágua (os Contras), seria também legitimado pelo senhor Lucado. O general Oliver North, assessor que financiava os terroristas, era membro de uma igreja pentecostal, orava e conversava com o seu presidente antes de qualquer decisão.”

Os artigos podem ser conferidos na integra aqui e aqui.

Com a pergunta de Pavarini, Lucado respondeu que apenas Deus conhece o coração dos homens dirigentes da nação, entretanto sabe que Bush é uma pessoa de muita fé.

O evento foi transmitido ao vivo (com apoio tecnológico de meu primo Cleoci)onde cerca de 60 pessoas acompanharam via streaming, divulgado apenas via Twitter minutos antes de iniciar o bate papo. O vídeo do evento pode ser conferido aqui, os primeiros minutos foram de acertos, mas depois consegui colocar o notebook na mesa na frente do escritor e assim podendo ser melhor visto e ouvido.

No Pavablog  neste post aqui, você amigo leitor pode conferir mais fotos que realizei e alguns dados a mais sobre o evento.

Pergunta: "Como é ser igual a Jesus tendo 140 milhões de dólares na conta?"

Pergunta: "Como é ser igual a Jesus tendo 140 milhões de dólares na conta?"

Transmissão ao vivo via streaming possibilitou que cerca de 60 pessoas assistissem o evento via web

Transmissão ao vivo via streaming e rápida divulgação via Twitter possibilitou que cerca de 60 pessoas assistissem o evento via web

Max Lucado autografou e atendeu a todos: cerca de 80 pessoas na fila aguardaram o momento e aproveitar e fazer um foto junto com o escritor

Max Lucado autografou e atendeu a todos: cerca de 80 pessoas na fila aguardaram o momento e aproveitaram para fazer uma foto junto com o escritor

IBAB Jovem – Vejo na TV

Dia 20 de junho aconteceu na IBAB o encontro Jovem, um debate no estilo Altas Horas, sobre o tema: “O que falam sobre os jovens na TV não é sério”. Entre os debatedores foram Sergio Pavarini (blogueiro e marketeiro) Osmar Guerra (comediante e produtor da TV Gazeta) e Gustavo da Hora (ABU). O Som de MPB ficou a cargo de Filipe Bregantim que tocou desde Djavan, até Rappa. Cerca de 100 jovens participaram do encontro e fizeram diversas perguntas para os debatedores. Mais fotos que fiz do encontro e algumas frases podem ser conferidas aqui no Pavablog.

ibab_jovem

Registrando momentos (02)

Ontem Participei de mais um encontro do 2º Fórum Nacional de Cristianismo Criativo. Patrocinado pelo Portal Cristianismo Criativo e pela Editora W4 que está lançando o livro “Viciados em mediocridade” de Frank Schaeffer. O encontro esta sendo realizado toda sexta-feira do mês de novembro no auditório da livraria Cultura no Shopping Market Place. Semana passada o tema foi: Viciados em Mediocridade? O encontro foi com músico João Alexandre e a psicóloga Taís Machado.

 

Ontem a temática foi: Mediocridade no teatro? Participantes foram o músico, compositor e poeta Stênio Marcius e o ator, chargista e blogueiro Wilson Tonioli. As entrevistas e debates estão sendo conduzidos pelo jornalista Sérgio Pavarini. Segue fotos registrando alguns momentos de ontem.

 

debate

No palco conduzidos por Sérgio Pavarini  o debate sobre Mediocridade
no teatro rolou com o ator Wilson Tonioli e o músico/compositor Stênio Marcius

 

stenio_e_glauber

Stênio Marcius e Glauber Plaça, música de qualidade na II edição
Nacional do Fórum Cristianismo Criativo realizado no Market Place

 

esquete

Pai e filho: esquete realizada por Wilson e Filipe Tonioli antes do debate
parodiaram diversas expressões e terminologias do mundo “evangeliquês”

 

quarteto

Fim do evento, antes do apagar das luzes houve tempo para a
foto: a atriz Kedma, meu primo Cleoci, eu e Ségio Pavarini

Leia +

Agradecimento de visitas

Esta semana este blog apareceu no top 5 no Pavablog, o Blog do jornalista Sérgio Pavarini. O critério para figurar no top são os cinco blog’s que enviaram mais visitantes para o Pavablog na última quinzena.

 

Entre mais de 400 blog’s com link’s no Pavablog, estivemos em 4º lugar lhe enviando visitantes. Sérgio agradece com um muuuuito obrigado. Mas sou eu que quero agradecer, tanto ao Sérgio como aos leitores deste meu blog que proporcionaram visitando o Pavablog. Alías, recíproca existe de visitantes aqui também, pois diversos acessos que tenho neste blog vem do Pavablog que este mês completou 3 anos no ar, com um total de mais de 600 mil visitante e com mais de 1 milhão de pageviews, com uma média de 800 a 1500 acessos diários. Parabéns Sérgio !!

 

Falando em números, este meu blog que iniciei em fevereiro deste ano, tivemos até agora conforme o contador, 3.983 visitantes, e o recorde de visitas em um dia apenas foi de 157, valeu galera!! Falando em link’s para visitas, Justiça seja feita, segue o link dos outros 4 blog’s companheiros que estão no top five do Pavablog esta quinzena. São eles conforme o print abaixo: Blog do Caminho, Indo ao alvo, Celebrai e Altair Germano.

 

Os Rebeldes sem calça !!!

No sábado, dia 29 de março houve na Igreja Presbiteriana Independente do Jardim Santa Fé no Morro Doce, o encontro de jovens denominado culto do AEL (antigos eternos louvores). Foi o 2º encontro do gênero que tem como proposta ser realizado anualmente. 

Diversas igrejas do presbitério participaram, sendo que a 1º IPI de São Paulo fretou um ônibus que ficou a disposição dos jovens para irem ao encontro.

stenio1.jpg
Com maestria: Stênio apresentou sua canções com amor no coração

Na parte do louvor esteve cantando e tocando seu violão Stênio Marcius com sua poesia marcante em suas letras, esteve também relembrando algumas histórias da música evangélica brasileira, e incentivou os jovens para irem atrás dos seus sonhos, seja compor ou tocar algum instrumento. Stênio que compõe desde os 13 anos, já contabilizou mais de 300 letras escritas. Quem esteve presente pode acompanhar suas principais canções, entre elas, O amigo da festa, O Tapeceiro, e Fim de tarde no portão. Esta última música filmei e para você que não foi, pode acompanhar aqui no Youtube.

Na parte da mensagem, Sérgio Pavarini puxou um banquinho para frente da igreja e iniciou em forma de palestra sua fala, o tema orbitou em torno de um recente artigo escrito por ele : “Geração bunda-mole – os rebeldes sem calça”, o que se seguiu foi um bate-papo com a igreja, que teve direito a interagir em forma de perguntas sobre o assunto. 

pava.jpg
O bate-papo com a igreja rolou com o jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini

Sérgio Pavarini é jornalista e editor do hot blog Pavablog e de uma Newsletter, um boletim informativo que tem mais de 100 mil inscritos. Pavarini instigou e levantou alguns questionamentos para os jovens presentes. Citando assuntos da atualidade, a palestra foi dividida em quatro perguntas que ele formulou para serem pensadas pelos presentes.  As quatro perguntas foram:

1º – Em que você esta investindo o seu tempo?
Existem jovens que ficam mais de três horas no msn por dia, com conversar infrutíferas,  o desperdício de tempo com esse tipo de ferramenta tem sido muito grande pelos jovens. Teclar três horas seguidos no msn apenas com Jesus !! Pavarini disse que esse tempo poderia ser investido na leitura de livros, pois os livros são um universo em que o jovem cresce em formação de opinião e de conhecimento, para não ser manipulado pela sociedade. Aliás, falando em livros, quantos você já leu este ano? Em que você esta investindo o seu tempo mesmo? 

2º – Qual o seu preço?
Dando exemplos do mundo corporativo, Pavarini citou entre o próprio meio cristão que existem pessoas se vendendo, cantores que ganhavam carro em renovação de contrato com suas gravadores, atualmente só se falam por intermédio de advogados, com causas na justiça. Rádios, gravadoras e editoras no mercado cristão esqueceram totalmente a ética de mercado e principalmente a ética do evangelho. 

3º – Seu encontro com Jesus te deixou mais sensível ?
Explicou que o significado da palavra sensibilidade nesse sentido quer dizer se a pessoa ficou mais antenado as causas de sofrimentos da sociedade e principalmente com o seu próximo. Estamos tratando melhor as pessoas? Estamos levando amor em nossas palavras? Justiça em nossas atitudes no serviço, na escola e em casa? Nesse tópico para reflexão foi citada uma frase do escritor russo Fiódor Dostoiévski que disse que “a necessidade de justiça não exclui a compaixão”.  

4º – O que você tem em mãos ?
Para finalizar, Pavarini instigou os jovens a trabalhar com os seus talentos e dons que Deus deu para cada um. Seja abrindo um blog na net, um fotolog, tudo no sentido de informar e também questionar, pois seria uma contradição o jovem ou adolescente que não questiona ou tente revolucionar o seu bairro, sua igreja e seu ambiente ao redor. 

Pavarini encerrou agradecendo a igreja e citando uma frase do best-seller O Caçador de Pipas “por vocês faria isso mil vezes”.

Para quem quiser ver mais fotos em alta qualidade do evento  pode clicar aqui.

Após o culto, o encontro foi em uma lanchonete no bairro de Perus para saciar a sede, conversar e rir descontraidamente, pois o Reino de Deus é feito de amizades, risos e encontros de alegria pelo caminho da graça de Deus.

quarteto.jpg
Os Rebeldes com calças ops ….
Alex Fajardo, Fabio Fino (organizador do evento), Cleoci e Sérgio Pavarini