Arquivo da tag: IPI

Marina Silva na 1ª Presbiteriana Independente de SP

Foto: Alex Fajardo

Senadora Marina Silva chamou a atenção para a floresta Amazônica, como sendo o pulmão do planeta Terra.

Dia 22 de outubro aconteceu a abertura do Simpósio Espiritualidade do Cuidado. Focando o cuidado do planeta em questões ambientais e o envolvimento com a fé e a comunidade. O Evento foi organizado pela Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo, em sua catedral na rua Nestor Pestana.

A Senadora Marina Silva palestrou na abertura. Marina usou o microfone por 35 minutos, se identificou como mulher engajada em lutas sociais e missionária da Assembléia de Deus, sua fala foi no sentindo de conclamar aos ouvintes para prestarem atenção no cuidado do planeta partindo para pequenas ações no cotidiano, afirmou que não podemos nos acomodar com situações que para nós estamos interpretando como normal, sendo que há 30 anos atrás situações como estas eram consideradas situações de grandes problemas ambientais. A ex-ministra do Meio ambiente apresentou dados da floresta amazônica e reforçou sua importância a nível mundial como sendo o pulmão do planeta terra.

No final do encontro os reverendos Assir Pereira (presidente do Supremo Concílio da Presbiteriana Independente do Brasil) Abival Pires da Silveira (pastor sênior / efetivo da 1ª  IPI) Valdinei Aparecido Ferreira (pastor efetivo da 1ª  IPI)  oraram pela vida da senadora e por sua carreira política.

A Senadora Marina Silva no inicio da década de 80 iniciou suas lutas sociais, principalmente no movimento seringueiro ao lado de Chico Mendes, foi líder estudantil, vereadora, deputada estadual, senadora e ministra do Meio Ambiente no governo Lula de 2003 à 2008. Depois de uma carreira política intensa filiada ao PT, em agosto de 2009 Marina anunciou sua saída do Partido dos Trabalhadores e se filia ao Partido Verde, esta em seu segundo mandado no senado, eleita pelo estado do Acre. Marina é o nome do PV como candidata a presidência da república nas eleições de 2010, foi escolhida pelo jornal britânico The Guardian como uma das 50 pessoas em condições de ajudar a salvar o planeta.

Foto: Alex Fajardo

Missionária da Assembléia de Deus, senadora Marina Silva recebeu oração dos pastores da Igreja Presbiteriana Independente

Foto: Alex Fajardo

Evento inovador: 1ª Presbiteriana Independente de São Paulo organizou o Simpósio Espiritualidade do cuidado

Os Rebeldes sem calça !!!

No sábado, dia 29 de março houve na Igreja Presbiteriana Independente do Jardim Santa Fé no Morro Doce, o encontro de jovens denominado culto do AEL (antigos eternos louvores). Foi o 2º encontro do gênero que tem como proposta ser realizado anualmente. 

Diversas igrejas do presbitério participaram, sendo que a 1º IPI de São Paulo fretou um ônibus que ficou a disposição dos jovens para irem ao encontro.

stenio1.jpg
Com maestria: Stênio apresentou sua canções com amor no coração

Na parte do louvor esteve cantando e tocando seu violão Stênio Marcius com sua poesia marcante em suas letras, esteve também relembrando algumas histórias da música evangélica brasileira, e incentivou os jovens para irem atrás dos seus sonhos, seja compor ou tocar algum instrumento. Stênio que compõe desde os 13 anos, já contabilizou mais de 300 letras escritas. Quem esteve presente pode acompanhar suas principais canções, entre elas, O amigo da festa, O Tapeceiro, e Fim de tarde no portão. Esta última música filmei e para você que não foi, pode acompanhar aqui no Youtube.

Na parte da mensagem, Sérgio Pavarini puxou um banquinho para frente da igreja e iniciou em forma de palestra sua fala, o tema orbitou em torno de um recente artigo escrito por ele : “Geração bunda-mole – os rebeldes sem calça”, o que se seguiu foi um bate-papo com a igreja, que teve direito a interagir em forma de perguntas sobre o assunto. 

pava.jpg
O bate-papo com a igreja rolou com o jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini

Sérgio Pavarini é jornalista e editor do hot blog Pavablog e de uma Newsletter, um boletim informativo que tem mais de 100 mil inscritos. Pavarini instigou e levantou alguns questionamentos para os jovens presentes. Citando assuntos da atualidade, a palestra foi dividida em quatro perguntas que ele formulou para serem pensadas pelos presentes.  As quatro perguntas foram:

1º – Em que você esta investindo o seu tempo?
Existem jovens que ficam mais de três horas no msn por dia, com conversar infrutíferas,  o desperdício de tempo com esse tipo de ferramenta tem sido muito grande pelos jovens. Teclar três horas seguidos no msn apenas com Jesus !! Pavarini disse que esse tempo poderia ser investido na leitura de livros, pois os livros são um universo em que o jovem cresce em formação de opinião e de conhecimento, para não ser manipulado pela sociedade. Aliás, falando em livros, quantos você já leu este ano? Em que você esta investindo o seu tempo mesmo? 

2º – Qual o seu preço?
Dando exemplos do mundo corporativo, Pavarini citou entre o próprio meio cristão que existem pessoas se vendendo, cantores que ganhavam carro em renovação de contrato com suas gravadores, atualmente só se falam por intermédio de advogados, com causas na justiça. Rádios, gravadoras e editoras no mercado cristão esqueceram totalmente a ética de mercado e principalmente a ética do evangelho. 

3º – Seu encontro com Jesus te deixou mais sensível ?
Explicou que o significado da palavra sensibilidade nesse sentido quer dizer se a pessoa ficou mais antenado as causas de sofrimentos da sociedade e principalmente com o seu próximo. Estamos tratando melhor as pessoas? Estamos levando amor em nossas palavras? Justiça em nossas atitudes no serviço, na escola e em casa? Nesse tópico para reflexão foi citada uma frase do escritor russo Fiódor Dostoiévski que disse que “a necessidade de justiça não exclui a compaixão”.  

4º – O que você tem em mãos ?
Para finalizar, Pavarini instigou os jovens a trabalhar com os seus talentos e dons que Deus deu para cada um. Seja abrindo um blog na net, um fotolog, tudo no sentido de informar e também questionar, pois seria uma contradição o jovem ou adolescente que não questiona ou tente revolucionar o seu bairro, sua igreja e seu ambiente ao redor. 

Pavarini encerrou agradecendo a igreja e citando uma frase do best-seller O Caçador de Pipas “por vocês faria isso mil vezes”.

Para quem quiser ver mais fotos em alta qualidade do evento  pode clicar aqui.

Após o culto, o encontro foi em uma lanchonete no bairro de Perus para saciar a sede, conversar e rir descontraidamente, pois o Reino de Deus é feito de amizades, risos e encontros de alegria pelo caminho da graça de Deus.

quarteto.jpg
Os Rebeldes com calças ops ….
Alex Fajardo, Fabio Fino (organizador do evento), Cleoci e Sérgio Pavarini