Arquivo da tag: Gedeon Alencar

Usina 21 – Oficinas 2009

Dia 07 de novembro aconteceu nas dependências da Universidade Mackenzie a 7º edição do Usina 21. Com cerca de mais de 2 mil jovens segundo a organização do evento, o encontro teve cerca de 40 oficinas no período da manhã e tarde sobre os mais diversos temas, desde blog`s como ferramenta de comunicação e engajamento, artes e expressões de um Deus criativo, voluntariado, missões urbanas etc.  Antes do inicio das oficinas os participantes foram para o auditório Rui Barbosa onde foram recebidos com as boas vindas aos participantes pelo vereador Carlos Alberto Bezerra Júnior, um dos principais idealizadores do evento e atual responsável pelo Usina. Ariovaldo Ramos trouxe uma palavra sobre a redenção do mundo em um diálogo entre a Trindade, “Antes de Deus dizer haja luz, Ele disse haja cruz” disse Ariovaldo em um de seus insights teológicos.

Esta foi à primeira edição que participei do evento e realizei o registro fotográfico da grande maioria dos palestrantes das oficinas e painéis. Segue as fotos com seus respectivos temas na legenda. Creio ser este o post com maior quantidade de fotos que já publiquei aqui neste blog.

Ariovaldo Ramos no auditório Rui Barbosa discorreu sobre a Trindade em um diálogo imaginativo ao estilo do livro A Cabana

Junto com Ariovaldo Ramos, o vereador Carlos Alberto ora pelo evento e pelos organizadores Fabricio Cunha e Fernando Diniz

Auditório Rui Barbosa no Mackenzie lotado de jovens: Nova geração Missão Integral

Ziel Machado, historiador e membro da ABU por 18 anos em seu painel afirmou: "Missão Integral não é uma ideologia de esquerda evangélica, missão integral é um projeto de vida!"

Vereador e médico Carlos Alberto relatou casos e conscientizou todos contra o abuso e violência infanto-juvenil dentro das igrejas

Doutoranda na Universidade Metodista, Analzira Nascimento relatou sua experiência na África por 17 anos, responsável pela implantação e coordenação do Projeto Radical - Voluntários Sem Fronteiras

Doutorando na PUC Gedeon Alencar, analisou o fenômeno religioso brasileiro sobre o tema: "40 milhões de evangélicos no Brasil ! E daí ?"

O Católico Jung Mo Sung, coordenador do programa de Pós-graduação em Ciências da Religião na Universidade Metodista falou sobre acabar com a fome e a miséria no mundo em uma perspetciva cristã

Anderson Gu, professor universitário palestrou sobre superando as deficiências da não inclusão. Como oferecer opções de acessibilidade às pessoas com deficiência nos espaços comunitários

Jota Mossad da Vineyard de São Paulo falou sobre grafiteiros, arteiros e produção alternativa

Alexandre Hobles: Espitirualidade do jovem no meio do caos urbano, trânsito, violência e stress

Compositor Daniel Maia explanou sobre o tema: música de Deus x música do mundo. Isso existe? Qual a diferença?

Músico e cantor Roberto Diamanso falou sobre a universalidade da canção

Jornalista e blogueiro Sérgio Pavarini tratou do tema: Blog, uma ferramenta de comunicação e engajamento

Osmar Guerra, produtor da Rede Record levou ao evento para palestrarem, Warley Santana ex-CQC e Carol Zócolli - finalista do concurso "Oitavo CQC"

João Batista da Missão CENA explanou o tema de missões em áreas de miséria urbana - como combater a desigualdade e desenvolver projetos consistentes

Gustavo da Hora da ABU focou a Internet o ambiente virtual e o fenômeno das redes sociais

Pr. Levi Araújo contou tudo !! Sua tragetória polêmicas, embate e humanidade.

o Evento teve mais de 40 oficinas com grande participação dos jovens

Henrique Courá do ICEC trabalhou o tema: Luzes, câmera e transformação: da idéia na cabeça à mobilização pelo cinema

Sara de Roure tratou a questão de Gênero - Mulher e seu papel fundamental - Reflexão a respeito da consciência de indivíduo e a equiparação de condições para os gêneros

Marcos Vinicius - Palhaços e Clwns como ferramenta de evangelização

Oficinas sobre diversos assuntos co-relacionados ao Reino de Deus e Missão integral em várias frentes de ação para a Igreja se posicionar

Fotografo na foto: Fim do Usina 2009, eu e minha amada imortal, cansados mas alegres com o que aprendemos nas oficinas

Semana Jovem IBAB 2009 – 2º dia

Som na caixa

Parceria inédita na IBAB: Filipe Bregantim e Juliana Bragança

Ontem rolou o 2º dia da Semana Jovem na IBAB. O Tom vivo de cores musicais ficou a cargo de Filipe Bregantim e Juliana Bragança. Ontem a Ju em um momento do louvor disse que tudo temos que dar graças !! … Inclusive nas piores horas, depois de sair da IBAB ontem, foi constatado que uma das minhas ferramentas de trabalho, meu micro em casa tinha queimado o processador. Que blz. Não deu para não lembrar do momento do louvor e dar risada. Enfim, mas esse é um probleminha que depois resolveremos.

Na continuidade do tema “Você tem sede de que? Você tem Fome de quê?”, professor Gedeon Alencar apresentou uma big aula sobre arte, embalado no tema “A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”. Iniciando sua fala sobre as formas de expressões artísticas da Grécia, passando por Roma e chegando nas formas que a religião se expressa através da arte, Gedeon teceu críticas a igreja protestante de um modo geral que abafou as expressões artísticas hoje se limitando apenas a música e literatura.  Bom, difícil resumir a aula de Gedeon para a galera, por isso me comprometo aqui a incluir os áudios completos das pregações/palestras que estão ocorrendo nesta edição 2009 da Semana Jovem.

Por enquanto segue algumas fotos e mais um vídeo que realizei no encontro de ontem.

Gedeon Alencar

Gedeon Alencar palestrou sobre a expressão artística na igreja

galera

 

Reflexão Teológica na ABU

Aconteceu entre os dias 30 de junho e 03 de julho, na Igreja Metodista Livre no bairro da Saúde,  a Semana de Reflexão Teológica na ABU – Aliança Bíblica Universitária – sobre o tema: “Acorda pra vida! O Desafio de SER na metrópole” Entre os palestrantes escalados estava Tais Machado, Gustavo da Hora e Ziel Machado. Eu pude ir apenas na quinta-feira onde estaria palestrando o Gedeon Alencar, filósofo e mestre em ciências da religião pela UMESP, docente do ICEC e autor do livro Protestantismo Tupiniquim palestrou sobre o tema Ser na diversidade.

Gedeon tratou do tema iniciando com um perfil histórico do viver em sociedade que poderia ser chamada de dualista, e que hoje esta pluralista, disse que “Quem não conhece a história, esta fadado a cometer os mesmos erros do passado” falando da igreja em seu contexto histórico e como fenômeno social religioso. Dizendo que a igreja tem que rever seus conceitos pois sempre tem apenas respostas moralistas, proibitivas e atrasadas para o contexto, basta lembra que em muitos momentos na história a igreja apoiou o nazismo, escravatura, ditadura e até o governo de Bush. Gedeon disse que a palavra “diversidade” não é uma palavra demoníaca como alguns pensam, pois existem crentes que insistem em associar a palavra ao movimento GLS. Diversidade está na bíblia, pois a própria criação de Deus não é homogênea.

Gedeon (foto abaixo) encerrou citando o início de Atos 3, informando que a liderança da igreja de Antioquia era de uma diversidade total, multicultural e multiétnica. Barnabé era um levita de Chipre, Simeão um negro pois era de Niger, Lucius um romano, Manaém criado na família real do sanguinário Herodes Antipas, e Saulo um ex-fariseu e cidadão romano.

gedeon

Gedeon de Alencar palestrou sobre a Diversidade do Ser