Ronaldo Cavalcante lança livro: A Cidade e o gueto

Ronaldo Cavalcante: livro é resultado de seu pós-doutorado

Na manhã de 10 de abril, no auditório da editora Fonte Editorial, aconteceu o lançamento do livro A Cidade e o Gueto – Introdução a uma Teologia Pública Protestante e o desafio do neofundamentalismo evangélico no Brasil, o livro de 182 páginas é fruto do trabalho de pós-doutorado de Ronaldo Cavalcante, que realizou seus estudos na EST – Escola Superior de Teologia em São Leopoldo/ RS.

No encontro, Ronaldo explanou seu trabalho e os principais conceitos para a platéia que esteve presente, logo após, um momento de perguntas. Segue abaixo um trecho do livro, extraído das páginas 22 e 23 da Introdução da obra.

A Cidade e o Gueto

Poderíamos então, sem o receio de exageros, definir o protestantismo, originalmente, como uma importante força cultural libertária na construção da cidadania ocidental. Entretanto, sua dinamicidade interna revelou aspectos paradoxais inconciliáveis. Nesta pesquisa, qualifica-se tal performance de “luzes” e “sombras”. No caso brasileiro, esse fenômeno ficou bem evidente, com a negação, no interior do próprio protestantismo, do “princípio protestante”, na renúncia à sua vocação primeira: a Liberdade, bem como seus corolários. Esta opção que já era latente em relação à cultura brasileira como um todo, tornou-se evidente a partir de meados da década de sessenta, acompanhando e em muitos momentos apoiando o Golpe Militar acontecido no Brasil e na verdade em praticamente toda a América Latina. Vale a pena aqui, à guisa de introdução, registrar as mudanças sofridas pelo protestantismo brasileiro, na denúncia de alguém que viveu precisamente aquele momento:

“O Sentido da Reforma Protestante está em que ela redescobriu a liberdade. Lutero chegou a dar a um de seus tratados mais lindos o título de: ‘A Liberdade do Homem Cristão’… Estou convencido, entretanto, que uma estranha metamorfose se processou. A comunidade de liberdade se esqueceu, traiu e se rebelou contra ela … que a comunidade de fé já emigrou. Nenhuma estrutura legal e de poder pode contê-la, ou domesticá-la.” (Trecho da carta de Rubem Alves ao seu presbitério – em João Dias de Araújo, 1985, 99).

Contempla-se hoje, 40 anos depois, o recrudescimento, em solo protestante brasileiro, desse espírito legalista e escravizante e que neste trabalho denomina-se de neofundamentalismo, inclusive com a identificação dos elementos diferenciadores em relação tanto à sua matriz norte-americana de princípios do século XX, quanto ao seu precedente nacional de quatro décadas atrás.

Diante desse quadro, revela-se, como tentativa de superaração dessa excrescência, a importância de uma formação teológica de qualidade que possibilitaria, por um lado, a recuperação da identidade protestante perdida nos meandros institucionais e na busca insaciável do poder político de controle dentro do “gueto” e, por outro, a construção de um pensamento teológico relevante para a sociedade brasileira, que lhe devolvesse o ethos protestante, enfim, a elaboração de uma teologia pública em prol da cidadania; uma guinada social do protestantismo na “cidade”, pari passu a uma consideração efetiva da tolerância como princípio axial de convivência; a oportunidade ímpar do pluralismo e o desafio do diálogo ecumênico, como valor central do Evangelho. Dessa maneira, cremos, teremos possibilidades mínimas para uma ação eclesial relevante na sociedade onde o protestantismo seria, de fato, uma força cultural cooperante e somada a outras na promoção de justiça e solidariedade.

Leia + sobre lançamento de livros


Anúncios

Uma resposta para “Ronaldo Cavalcante lança livro: A Cidade e o gueto

  1. Oscar Teixeira Ribeiro

    Parabéns ao Professor Ronaldo Cavalcante, pelo belo trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s