Brennan Manning: a importância do amor de Deus

Brennan Manning, autor do livro O Evangelho Maltrapilho, fala neste vídeo gravado em junho de 2007 no Campus da Columbia, sobre a importância de entendermos sobre o amor de Deus por nós. Creio que este vídeo tem que ter total divulgação na net, por isso incluo ele aqui com a máxima urgência desde que foi postado com legenda em primeira mão no Pavablog hoje no início da tarde. A tradução foi feita pelo Volney Faustini e a legenda foi incluída pelo Ricardo do blog Diversitá.

Após assistir esse vídeo, para quem não leu o Brennan, sugiro que comece pelo livro O Evangelho Maltrapilho e deixe o amor de Deus invadir o seu ser, sem culpa, sem condenação e sem medo, pois como diz em 1 João 4.18 “No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo quem teme não é aperfeiçoado no amor”.  

Coloco abaixo a sinopse do livro para você não ter dúvida em adquirir ele. Para mim foi um dos melhores lidos o ano passado.

“O evangelho maltrapilho foi escrito para pessoas aniquiladas, derrotadas e exauridas. Pessoas que se acham indignas de receber o amor de Deus. Quem sabe, ignoradas pela comunidade de cristãos por não se encaixarem no perfil de super-homem ou de super-rmulher que lhes é constantemente exigido. Pessoas cansadas da espiritualidade superficial e consumista. Pessoas que travam inúmeras batalhas interiores por não se sentirem parte de uma comunidade afetiva e acolhedora.” 

Anúncios

6 Respostas para “Brennan Manning: a importância do amor de Deus

  1. Alex
    Brennan com o Evangelho Maltrapilho foi a minha melhor leitura nesses últimos anos. Vc tem razão em dizer para começar com esse livro – hoje temos uma meia dúzia de títulos dele – toca fundo e é isso que precisamos.

  2. Impressionante, tenho lido Brennan, faz um tempo, foi muito edificante esse video, creio ser um dos melhores livros que li na vida.
    Indico Evangelho maltrapilho a todos.

  3. Alexandre, parabéns pelo blog, pelos artigos e especialmente por conhecer manning!
    Gostaria de lhe sugerir outras leituras com respeito e carinho…
    Cristianismo pagão – frank viola
    reconsiderando o odre – frank viola
    quem é tua cobertura – frank viola
    na escola de cristo – austin sparks
    visão espiritual – austin sparks
    tudo em cristo – stephen kaung
    maturidade espiritual – austin sparks
    cristo tudo em todod – austin sparks
    a volta do filho pródigo – henry nouwen
    qdo nitszche chorou – boier
    além do bem e do mal – nitszche
    ministério da palavra – w. nee
    casas que tranformam o mundo – wolfgang simson
    http://www.editorarestauração.com.br
    http://www.sopalavra.org
    http://www.ustin-sparks.net
    http://www.ptmin.org
    http://www.aguasvivas.cl
    http://www.preciosasemente.com.br
    Abraços
    pelos vínculos do calvário

  4. Olá, Gosto de Brennan Manning, já li seus livros, assim como gosto de Yancey e outros autores que nos ajudam a lembrar de nossa humanidade, e da importância da Graça de Deus e seu amor incondicional, às vezes apenas me pergunto se não devemos cuidar para não cair na “Graça Barata” como a chamava Dietrich Bonhoefer. sempre procuro cuidar para não esquecer que a mesma Graça que me aceita incondicionalmente, também é a Graça que me transforma e me “educa para renegar a impiedade e as paixões infames …” como dizia Paulo em Tito 2:12. Um Deus de amor sim, um Deus complacente e corpo mole com o pecado, definitivamente não é o que nos atrai, afinal de contas, Ele odeia o pecado e o mal, assim como nós mesmos odiamos todo o mal que há no mundo e em nós mesmos. Precisamos desesperadamente de amor e aceitação incondicinal, mas também temos sede de justiça e do bem que não encontramos em nós mesmos, mas que no Amor Dele encontramos incondicionalmente! O Deus que nos ama assim, é o mesmo que nos tem coragem de nos confrontar e nos transformar com seu amor!

  5. Pingback: Profundamente querido por meu Aba « Blog Alex Fajardo

  6. Li o livro de Brennan Manning, Evangelho Mal Trapilho…e compartilho da opiniao de Fabiano (Abril de 2008). Fiquei extremamente envolvida pela graça da qual nos esquecemos sempre…mas será que uma pessoa que nos relembra da Graça mas também defende o que a Biblia condena (Homossexualismo) merece de fato toda nossa credibilidade? Bem fiquemos com a orientação de Paulo “examinar tudo e reter o que é bom” (http://juliosevero.blogspot.com/2007/09/o-perigo-da-graa-sem-verdade.html)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s